Concluídos

2011 – 2016

Gênero, Antropologia e Educação (PNDP).

Descrição: Projeto de pesquisa pós doutoral, no quadro do Edital PNPD CAPES, que visa desenvolver pesquisas que articulem os campos de antropologia e educação tendo como objeto questões de gênero e sexualidade.
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa;
Integrantes: Miriam Pillar Grossi – Coordenador / mareli graupe – Integrante / Barbara Maisonave ARISI – Integrante / Arianna Sala – Integrante.

2010 – 2014

Teoria Feminista, Teoria Queer ou Teorias Sociais Contemporâneas? O campo dos estudos de gênero e sexualidade no Brasil.

Descrição: Este projeto visa contribuir à consolidação do campo de estudos sobre gênero e sexualidade no Brasil, refletindo sobre as principais correntes teóricas que o constituem: teorias feministas, teorias queer, teorias antropológicas, teorias históricas, teorias psicanalíticas e outras teorias sociais contemporâneas. O projeto tem como objetivo investigar os seguintes aspectos deste campo de estudos no Brasil: a)Sobre sua constituição disciplinar/interdisciplinar em quatro distintas décadas de desenvolvimento da pós-graduação (1970/1980/1990 e 2000) b) Sobre a relação entre conhecimento teórico e ativismo político em torno de questões de gênero e sexualidade, com ênfase na contribuição d os movimentos feminista e homossexual (LGBTTT). c) Sobre as influências teóricas internacionais e suas reapropriações e ressignificações no contexto brasileiro. d) Sobre o papel dos estudos de gênero e sexualidade no campo da produção de conhecimento cientifico no Brasil contemporâneo em publicações acadêmicas, associações científicas, instituições de pesquisa, etc. Para o desenvolvimento desta análise nos debruçaremos sobre cinco grandes eixos temáticos: a)Gênero e Campo Cientifico b)Violências e Politicas Publicas c) Sexualidade e Corpo d) Gênero e Religião e) Amor e Conjugalidades No plano metodológico serão desenvolvidos levantamentos bibliográficos e pesquisas empíricas por uma equipe composta de vinte doutor@s, doutorand@s, mestrand@s e estudantes de iniciação cientifica que integram o Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS) da UFSC..
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa;
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (8) .Integrantes: Miriam Pillar Grossi – Coordenador / Felipe Bruno Fernandes – Integrante / Fatima Weiss de Jesus – Integrante / Claudia Nichnig – Integrante / Patricia Rosalba Costa – Integrante / Vinicius Ferreira – Integrante / Raruilquer Oliveira – Integrante / Rosa Blanca Cedillo – Integrante / Giovanna Triñanes – Integrante / Isadora Vier Machado – Integrante / Simone Avila – Integrante / Emilia Juliana Ferreira – Integrante / Claudio Leite Leandro – Integrante / Fernanda Azevedo Moraes – Integrante / Tania Welter – Integrante / Anahi Guedes – Integrante / Anna Carolina H. Amorim – Integrante / Julia Godinho – Integrante / Bruno Cordeiro – Integrante / Leticia Cardoso Barreto – Integrante / Caterina Rea – Integrante / Izabela Liz Schlindwein – Integrante / Jimena Maria Massa – Integrante / Bruna Klöppel – Integrante / Kathilça Lopes – Integrante / Nattany Rodrigues – Integrante / Camila Laurindo – Integrante / Laura Martendal – Integrante / Mareli Eliane Graupe – Integrante / Arianna Sala – Integrante / Camila Laurindo Oliveira – Integrante.
Número de orientações: 6

2010 – 2013

Sexualidades, gênero, violências e reprodução numa perspectiva comparada.

Descrição: Este projeto visa a contribuir para o campo dos estudos sobre gênero e sexualidades a partir do desenvolvimento de pesquisas etnográficas sobre Homossexualidades/Transexualidades, Violências e Reprodução desenvolvidas por pesquisador@s integrantes do NIGS-UFSC. O projeto está centrado em dois grandes eixos temáticos: Sexualidades e Gênero, ambos articulados pelas problemáticas teóricas dos estudos sobre violências (homofóbicas e de gênero). Os dois grandes eixos de investigação visam a desenvolver pesquisas sobre homossexualidades, transexualidades, movimentos LGBTT e homofobia/lesbofobia/transfobia em diferentes espaços institucionais (Estado, escola, Judiciário, campos médico e religioso) e pesquisas sobre parentalidades, maternidade e parto, conjugalidades, amor, afeto, corpo e identidades de gênero relacionadas com classes etárias (juventude e terceira idade). A pesquisa será desenvolvida em diferentes contextos urbanos contemporâneos, tendo como objeto de investigação diferentes espaços discursivos institucionais (campos jurídico, médico, escolar, religioso) e de indivíduos envolvidos em processos de subjetivação vinculados a constituições identitárias (LGBTTT, parentais, conjugais e geracionais). Projeto desenvolvido com apoio do Edital MCT/CNPq/MEC/CAPES nº 02/2010 – Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas.
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa;
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (11) .Integrantes: Miriam Pillar Grossi – Coordenador / Fernanda Cardozo – Integrante / Felipe Bruno Fernandes – Integrante / Anelise Froés da Silva – Integrante / Claudia Nichnig – Integrante / Patricia Rosalba Costa – Integrante / Vinicius Ferreira – Integrante / Paula Pinhal de Carlos – Integrante / Rosa Blanca Cedillo – Integrante / Giovanna Triñanes – Integrante / Isadora Vier Machado – Integrante / Simone Avila – Integrante / Emilia Juliana Ferreira – Integrante / Claudio Leite Leandro – Integrante / Fernanda Azevedo Moraes – Integrante / Anahi Guedes – Integrante / Anna Carolina H. Amorim – Integrante / Leticia Cardoso Barreto – Integrante.
Financiador(es): CNPQ – Auxílio financeiro.
Número de orientações: 6

2010 – 2014

CAPES-COFECUB: Gênero, Sexualidade e Parentesco: Um estudo comparativo entre França e Brasil.

Descrição: Trata-se de projeto de cooperação internacional bilateral entre a UFSC e EHESS em torno de três eixos de investigação: 1. Gênero: pesquisas sobre questão teóricas sobre os estudos de gênero em sua articulação com parentesco e sexualidade, feminismos em perspectiva comparada, literatura feminina, construção social de masculinidades e feminilidades, questões de gênero na transmissão de saberes entre mestres-aluno/as, violências contra mulheres e homofobia. 2. Parentesco: pesquisas sobre maternidade, reprodução, novas tecnologias reprodutivas, adoção, aborto, circulação de crianças, paternidades, maternidades, homoparentalidades, fratrias, filiação, gerações familiares, avos e netos. 3. Sexualidades: pesquisas sobre praticas afetivo-sexuais, amor e outros sentimentos afetivos vinculados a relações interpessoais, conjugalidades hetero e homossexuais, travestilidades, lesbianidades, homossexualidades masculinas e bissexualidades. .
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa;
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (10) .Integrantes: Miriam Pillar Grossi – Coordenador / JOANA MARIA PEDRO – Integrante / Carmen Silva Rial – Integrante / Mara Coelho de Souza Lago – Integrante / Cornelia Eckert – Integrante / Claudia Lee Willians Fonseca – Integrante / Leandro Oltramari – Integrante / Claudia Nichnig – Integrante / Cristina Scheibe Wolff – Integrante / Jérôme Courduriès – Integrante / Sylvie Sagnes – Integrante / Sylvie Mouyssef – Integrante / Daniela Novelli – Integrante / Melina Ayres – Integrante.

2010 – 2014

Um olhar de gênero sobre a história e a transmissão das antropologias contemporâneas em diferentes países do mundo.

Descrição: Este projeto visa dar visibilidade às mulheres antropólogas que tiveram um papel importante na constituição do campo antropológico do século XX e início do século XXI. A pesquisa, de cunho etnografico analise a constituição e a organização institucional, política e acadêmica e sobre os principais sistemas de formação antropológica de diferentes antropologias nacionais em suas articulações com redes, associações e instituições internacionais. Tem como eixo analítico a reflexão de como questões de gênero estão presentes neste universo científico, ou seja, como a produção de conhecimento é situada e permeada por relações de poder, muitas vezes invisibilizadas nos discursos hegemônicos que legitimam instituições, tradições teóricas e indivíduos no interior de um campo científico.A pesquisa dará continuidade a projeto anterior desenvolvido em diferentes países do mundo (Brasil, França, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Índia, China) através de investigação documental em arquivos institucionais e bibliotecas especializadas, observação participante em eventos acadêmicos na área de Antropologia e na realização de entrevistas, com enfoque em histórias de vida, com mulheres (e homens) chaves na constituição de diferentes instituições de ensino e na transmissão da Antropologia no mundo. O projeto é apoiado com Bolsa de Produtividade e de Iniciação Cientifica do CNPq..
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa;
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .Integrantes: Miriam Pillar Grossi – Coordenador / Vinicius Ferreira – Integrante / Giovanna Triñanes – Integrante / Maria Laura Gomez – Integrante / Julia Godinho – Integrante / Caterina Rea – Integrante / Bruna Klöppel – Integrante / Camila Laurindo – Integrante / Fernanda A Moraes – Integrante.

2008 – 2012

PROCAD UFSC-UFBA Gênero e Ciências: Feminismos, Sexualidades e Violências.

Descrição: Projeto de cooperação institucional entre a linha de estudos de gênero do Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas da UFSC e o Programa Interdisciplinar em Estudos de Gênero e Feminismo do NEIM-UFBA..
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .Integrantes: Miriam Pillar Grossi – Coordenador / JOANA MARIA PEDRO – Integrante / Alinne de Lima Bonetti – Integrante / Carmen Silva Rial – Integrante / Maria Ignes Pulilo – Integrante / Luzinete Simões Minella – Integrante / Mara Coelho de Souza Lago – Integrante / Gicele Sucupira Fernandes – Integrante / Vinicius Ferreira – Integrante / Raruilquer Oliveira – Integrante / Cristina Scheibe Wolff – Integrante / Cecilia Sardemberg – Integrante / Ana Alice Costa – Integrante / Ivia Alves – Integrante / Miriam Nascimento – Integrante / Giovana Salvaro – Integrante / Maria Inês Ribeiro – Integrante / Lilian Back – Integrante / Ardjana Robalo – Integrante / Natalia Silveira de Carvalho – Integrante / Rebeca Sobral Freire – Integrante.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Auxílio financeiro.

 2011 – 2012

Avaliação do II Plano Nacional de Politicas para Mulheres e acompanhamento da III Conferencia Nacional de Políticas para Mulheres.

Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliara a aplicação do II Plano Nacional de Politicas para as Mulheres (PNPM) e o processo de organização da III Conferencia Nacional de Politicas para Mulheres, realizada em dezembro de 2011 em Brasilia. Para o primeiro objetivo foi analisado o SIGSPM e entrevistadas gestoras de vários ministérios responsáveis pela aplicação do PNPM. Para o segundo objetivo foram acompanhadas conferencias municipais, regionais, estaduais e as conferencias governamental e nacional de politicas para mulheres. Foi privilegiada a metodologia qualitativa de observação participante e elaboração de etnografias dos processos de mobilização politica..
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Miriam Pillar Grossi – Coordenador / Alinne de Lima Bonetti – Integrante / Elisete Schwade – Integrante / Felipe Bruno Fernandes – Integrante / Gicele Sucupira Fernandes – Integrante / Fatima Weiss de Jesus – Integrante / Claudia Nichnig – Integrante / Patricia Rosalba Costa – Integrante / Raruilquer Oliveira – Integrante / Camila Bianca dos Reis – Integrante / Giovanna Triñanes – Integrante / Isadora Vier Machado – Integrante / Anahi Guedes – Integrante / Anna Carolina H. Amorim – Integrante / Marcia Calderipe Farias Rufino – Integrante / Julia Godinho – Integrante / Bruno Cordeiro – Integrante / Leticia Cardoso Barreto – Integrante / Bruna Klöppel – Integrante / Nattany Rodrigues – Integrante.

2007 – 2010

Parentalidades, Amor e Conjugalidades na Contemporaneidade.

Descrição: Este projeto visa dar continuidade às pesquisas realizadas por pesquisadores vinculados à rede de pesquisa Parceria Civil, Conjugalidades, Homoparentalidades , ampliando o tema de pesquisa para a comparação das práticas afetivo-conjugais homoeróticas e sobre as experiências parentais destes sujeitos/as com praticas heteroeróticas e por diferentes modelos de famílias heterossexuais. O projeto dá continuidade a pesquisas anteriores (Grossi et alii:2003) que avaliam o impacto e as diferentes modalidades sociais de uso das novas tecnologias reprodutivas conceptivas no Brasil. O projeto visa também densificar e ampliar os estudos etnográficos sobre os novos arranjos afetivos, familiares e conjugais no Brasil. Buscamos com este projeto ampliar nosso diálogo entre pesquisadores das temáticas de gênero e sexualidades com os de família e parentesco..
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (10) .Integrantes: Miriam Pillar Grossi – Coordenador / Elisete Schwade – Integrante / Anna Paula Uziel – Integrante / Luiz Mello – Integrante / Leandro Oltramari – Integrante / Myriam Aldana – Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Auxílio financeiro.
Número de orientações: 11

 2007 – 2010

Antropologias Contemporâneas: Transmissão, formação e constituição de campos científicos no Brasil e na França.

Descrição: Pesquisa que teve como objetivo, recolhimento de dados, entrevistas e analise de documentos relativos à formação em antropologia no Brasil e na França. Teve como resultados a participação em projeto internacional de Dicionario de Mulheres Antropologas, realização de videos sobre a antropologia francesa e várias publicações. Projeto apoiado com Bolsa de Produtividade (2007-2008) e de Pós-doutorado (2009) pelo CNPq..
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .Integrantes: Miriam Pillar Grossi – Coordenador / Gicele Sucupira Fernandes – Integrante / Vinicius Ferreira – Integrante / Carla Giovana Cabral – Integrante / Francine Rabelo Pereira – Integrante / Daniela Luiz – Integrante.
Financiador(es): CNPQ – Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5